Linus Torvalds (fuente: El País)

Se Richard Stallman faz parte do nosso Hall of Fame por ser o pai do software livre, o criador do principal sistema operativo livre (Linux), Linus Torvalds, não podia faltar na nossa homenagem.

Torvalds nasceu em 1969 em Helsínquia (Finlândia).

Aos 11 anos de idade, começa por utilizar um Commodore, um computador doméstico que comprou o seu avô, especialista em matemática e estatística. Também teve contacto com máquinas IBM e com PC.

Em 1998, começa a estudar Engenharia Informática na Universidade de Helsínquia. Aí, conheceu o professor Andrew S. Tanenbaum, que criou o Minix para ensinar aos seus alunos como são desenhados os sistemas operativos.

Linus Torvalds

Baseado no Minix e, após adquirir conhecimentos de programação na universidade, em 1991 lança a primeira versão do Linux, um sistema operativo livre e, provavelmente, a principal referência do software livre e de código aberto. Segundo algumas teorias, o nome “Linux” surge através da substituição do último “s” de Linus pelo “x” de Minix.

O Linux adotou a Licença Pública Geral do GNU (GPL) criada por Richard Stallman, o que concede aos utilizadores a possibilidade de estudar, utilizar, copiar e modificar o software. Linus, como Stallman, considera que a liberdade das pessoas deve estar acima da utilização de softwares privados.

O Linux foi criado através da contribuição de programadores de todo o mundo e não é um sistema fechado. Este continua a crescer graças ao trabalho de todos estes utilizadores. Linus Torvalds supervisa a utilização da marca Linux através da organização sem fins lucrativos Linux International.

O famoso pinguim, a imagem do Linux

O famoso pinguim, a imagem do Linux

O trabalho deste engenheiro foi bastante reconhecido internacionalmente, tanto pelos seus seguidores como por organismos que lhe concederam prémios importantes. Em 2006, a revista Time considerou-o como um dos heróis revolucionários dos últimos 60 anos e, em 2012, a Academia de Tecnologia da Finlândia concedeu-lhe o prémio Millenium Technology Prize, o “Nobel” da tecnologia.

As aplicações do Linux no nosso dia-a-dia são imensas: alimenta os smartphones com Android e faz parte da base de plataformas como o Google, o Twitter e a Amazon. Um dos exemplo mais claros da influência do Linux é o sistema operativo Ubuntu, um software open source idealizado pela Canonical, com várias possibilidades e um longo caminho pela frente, como foi demonstrado pelo lançamento do Aquaris M10 Ubuntu Edition, um tablet convergente que se pode utilizar também como PC se lhe conectares um teclado e um rato.

Atualmente, Linus Torvalds vive em Santa Clara (Califórnia), trabalha numa empresa de Silicon Valley e tem uma conta no Google +. A frase que disse após obter o Millenium Technology Prize resume a sua filosofia e a defesa de aquilo pelo qual sempre trabalhou: “o software é demasiado importante no mundo moderno para não ser desenvolvido através de fontes abertas”.